Seção - Imagem da Semana

Qual o nome do teste mostrado na imagem acima, pós procedimento?

Resposta:

O uso do cateter venoso central tem multiplas aplicabilidades, porém, sua realização conta com algumas complicações. Ainda hoje utilizamos o rx de tórax como exame confirmatório da correta localização da ponta do cateter. Ao longo dos ultimos anos, o uso do ultra-som point of care nesse contexto, além de ser usado para realizar o procedimento guiado, diminuindo complicações, também vem mostrando utilidade no pós-punção: tanto para identificar algum possível pneumotorax pós procedimento, como para confirmar o correto posicionamento precocemente, em acessos supra diafragmáticos.

O protocolo para checagem do posicionamento do acesso venoso central pelo ultrassom é feito da seguinte forma:

  1. Utilize um transdutor de baixa frequencia para obter uma janela cardiaca paraesternal longa, apical 4 camaras ou subcostal, com o paciente na posição supina.
  2. Faça a injeção rápida de 5ml ou 10ml (podendo ser uma quantidade maior, em alguns protocolos), de solução salina estéril, preferencialmente pela via distal do acesso recém puncionado. Mantenha a imagem na tela do ultrassom, onde se possa visualizar toda a câmara cardíaca direita.
  3. A confirmação se dá pela visualização de um fluxo turbulento no atrio direito, no modo bidimensional, imediatamente após a injeção.

Principalmente em locais onde o rx tórax nao é amplamente disponível, o ultrassom beira leito pode ser usado para confirmar a posição da ponta do dispositivo e iniciar mais precocemente as medicações no cateter central, bem como outras aplicabilidades, como monitorização hemodinâmica.

A imagem acima (cedida pela Dra. Thais Saraiva Leão) mostra uma janela subxifóide, feita com um transdutor de baixa frequencia, com o teste das bolhas positivo, confirmando o correto posicionamento da ponta do cateter central.


Referências:
1. Diagnostic Accuracy of Central Venous Catheter Confirmation by Bedside Ultrasound Versus Chest Radiography in Critically Ill Patients: A Systematic Review and Meta-Analysis. Crit Care Med. 2017 Apr;45(4):715-724
2. Simplified point-of-care ultrasound protocol to confirm central venous catheter placement: A prospective study. World J Emerg Med. 2017; 8(1): 25–28.


por Patrícia Lopes Gaspar (Residente de Medicina de Emergência do Ceará)
patylopesg resemergce