Seção - Artigos Indicados

Um mneumônico simples que esperamos que ajude bastante no dia-a-dia e na abordagem ao paciente neurocrítico agudo.

Para auxiliar os profissionais de saúde no manejo dos pacientes com injúria cerebral aguda (trauma, isquemia, edema cerebral, convulsões), foi proposto o acrônimo GHOST-CAP:

G = Glicose. meta aceitável: 80 - 180 mg/dL.
H = Hemoglobina. níveis baixos de Hb, estão associados a hipóxia cerebral e pior prognóstico. níveis aceitáveis de Hb: 7-9 g/dL.
O = Oxigênio. Oxigenioterapia com SO2 alvo: 94 - 97%
S = Sódio. Manter no limite superior da normalidade.
T = Temperatura. Evitar hipertermia que está associada a hipóxia cerebral, hipertensão intracraniana e pior prognóstico.

C = Conforto do paciente: controle da dor, agitação, ansiedade e calafrios.
A = Arterial (Pressão Arterial). Manter ou permitir uma PAM (pressão arterial média) que otimize a pressão de perfusão cerebral (PPC)
P = pCO2 (mudanças agudas na PCO2). Mudanças agudas na pCO2 causam alterações proporcionais no fluxo sanguíneo cerebral.

Referencia bibliográfica: (TACCONE et al., 2020)