Seção - Artigos Indicados

Devemos sempre nos lembrar de otimizar os parâmetros e condição clínica, individualizando e compreendendo o que é mais adequado para cada contexto específico.

Outro ponto importante, avaliar os preditores de dificuldade de via aérea, tanto anatômicos quanto fisiológicos.

No artigo, são abordados com mais detalhes a via aérea no contexto de TCE, trauma raquimedular, via aérea contaminada, paciente agitado ou pouco cooperativo, trauma de face, trauma de vias aéreas.

Referência: (KOVACS; SOWERS, 2018)